Certificação CEI – O Que é e Para Que Serve

Atualmente, a certificação CEI se adequou aos padrões de certificações dadas pela ANBIMA.

Desse modo, sua nomenclatura sofreu uma mudança, passando a ser chamada e conhecida como CEA.

Contudo, apesar de haver uma modificação no nome, o seu status mantém-se o mesmo.

Trata-se de uma das várias certificações do mercado financeiro, sendo uma evolução das CPAs 10 e 20. Por esse motivo, ela permite que você trabalhe também na assessoria a gerência de contas, aumentando o seu nível profissional e leque de atuação dentro dessa área.

Para saber mais sobre esta certificação, continue lendo este artigo, iremos falar tudo que você precisa saber sobre!

O que é Certificação CEI?

 

Como falamos anteriormente, hoje em dia essa sigla possui uma nova nomenclatura.

Denominada CEA ou Certificação de Especialista de Investimentos ANBIMA, é destinada aos profissionais do mercado financeiro que desejam atuar juntamente aos gerentes de contas.

Tais profissionais realizarão trabalhos de:

 

  • Assessoria;
  • Indicação de Produtos Financeiros.

Porém, exclui-se a atuação de indicação para planos de previdência e poupança.

Além disso, essa certificação é uma evolução da CPA-10 e CPA-20, permitindo que o profissional possa realizar também as respectivas funções de cada uma destas.

No entanto, seus conhecimentos vão além, tornando-se mais aprofundados, permitindo maior destaque e atuação.

Sendo assim, você ganhará vantagens  com o diferencial da CEI, porque tratam-se de conhecimentos mais aprofundados, permitindo uma melhora na prestação de serviços aos seus clientes, atribuindo-lhe reconhecimento e credibilidade.

Afinal de contas, você irá possuir um selo de qualificação profissional, que lhe permite maior estabilidade em seu emprego, uma vez que seus conhecimentos agregam valor a instituição na qual você irá trabalhar.

Por último, podemos citar uma melhora em seu salário e os benefícios de sua posição, que funcionam como incentivo.

Para que serve essa Certificação?

A certificação CEI, atual CEA, é destinada aqueles que desejam subir de cargo dentro de instituições bancárias.

De posse dela, é possível atuar com assessoria no gerenciamento das contas de investidores, tornado-se obrigatória para quem deseja trabalhar como Especialista em Investimentos.

O trabalho consiste em utilizar seus conhecimentos de mercado, avaliando o perfil de clientes para realizar indicações de produtos, ou seja, prospecção e venda de investimentos, desde que estes estejam disponíveis na instituição em que atua, seja bancos de varejo ou alta renda.

 

 

É possível atuar como:

  • Caixa de banco;
  • Atendente Comercial;
  • Agente Comercial;
  • Assistente de Gerência;
  • Gerente de Contas.

Tais cargos também são relativos às funções das CPAs, diferenciando-se pelo nível de conhecimento, possibilitando que este atinja novos patamares e cresça em sua carreira dentro do mercado.

Além dessas funções, o profissional pode atuar como:

  • Consultor de Valores Mobiliários – autorizado pela CVM;
  • Planejador financeiro – de maneira autônoma ou não;
  • Consultor de investimentos.

Dessa maneira, realizarão atendimentos de maneira personalizada, de acordo com seus clientes, pessoas física ou jurídica, oferecendo aconselhamento, orientação e recomendação de investimentos.

A certificação atribui maiores responsabilidades a este profissional, que irá realizar trabalhos junto à gerência das instituições.

Como tirar a Certificação CEI?

Essa certificação é autorregulada pela entidade ANBIMA, responsável também pela aplicação das provas.

Hoje em dia, devido ao crescimento tecnológico, a prova foi modernizada, permitindo o alcance de profissionais do país inteiro.

A prova requer um mínimo de 70% de acerto das questões, e possui por características:

  • Computadorizada;
  • Data e horário escolhidos pelos candidatos;
  • 70 questões com 3h30 de duração.

Sendo assim, são necessários 49 acertos rumo à aprovação.

Além disso, recomenda-se que o profissional já possua a CPA-20, pois a experiência de mercado irá auxiliar na sua obtenção, além de lhe tornar mais preparado para atuação como Especialista em Investimentos.

Lembre-se ainda que esta certificação exige conhecimentos e conteúdos mais específicos sobre o mercado financeiro.

É preciso atualização?

Ao contrário de outras certificações como as CPAs, o profissional não irá realizar apenas uma prova. Será necessário realizar um curso preparatório oferecido pela própria ANBIMA, visando a educação continuada desses profissionais, de acordo com uma regulamentação feita pelo Banco Central.

Terá uma duração de 60 horas e deverá ser realizada em até 60 dias, ou até o vencimento de sua certificação.

Então, posteriormente, será necessário passar pela realização da prova de atualização da certificação CEA.

 

Conclusão

Em resumo, a certificação CEI atualmente modificou sua nomenclatura para CEA, devido a uma adequação aos padrões da sua entidade autorreguladora, a ANBIMA.

Além disso, ela é destinada aos profissionais do mercado financeiro que desejam atuar como Especialistas de Investimento.

Esse cargo consiste em serviços de assessoria aos gerentes de contas, bem como a comercialização de produtos de investimentos e as funções abrangidas pela CPAs.

Sentiu falta de alguma informação neste conteúdo? Deixe seu comentário para que possamos ajudá-lo.

Comentários

  • Avatar
    outubro 13, 2019

    Hi, very nice website, cheers!
    ——————————————————
    Need cheap and reliable hosting? Our shared plans start at $10 for an year and VPS plans for $6/Mo.
    ——————————————————
    Check here: https://www.good-webhosting.com/

Deixe suas dúvidas e comentários. Responderemos o mais breve possível.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esqueceu a senha?
Perdeu sua senha? Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail. Iremos enviar um link de recuperação para o seu e-mail.
We do not share your personal details with anyone.