CNPI: tudo que você precisa saber sobre esta certificação

cnpi

A Certificação CNPI credencia o  profissional, Analista de Investimentos, a recomendar investimentos a terceiros. Apesar disso, pode também ser muito útil para profissionais de diversas áreas, conforme iremos mencionar mais à frente.

No entanto, para ser certificado é necessário passar por um exame realizado pela Apimec Nacional e que faz parte do conselho da Association of Certified International Investment Analysts (ACCIIA).

Então, confira neste artigo e descubra mais sobre o exame. E saiba ainda como obter seu certificado!

CNPI: o que é essa certificação?

A Certificação Nacional do Profissional de Investimento (CNPI) tem como objetivo aumentar o padrão dos profissionais, para que atinjam o nível internacional dos Analistas de Investimentos.

Em suma, é necessário certificar a capacidade técnica do profissional, para que este ofereça segurança aos investidores. De forma que, suas recomendações, orientações e operações estarão sendo feitas com embasamento crítico e isentas de interesses pessoais.

A saber, esta certificação foi introduzida no Brasil pela Apimec (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais) em associação com a ACIIA.

Dessa maneira, a Apimec tem o direito de julgar quais são as características e os requisitos necessários dos candidatos ao exame. Atualmente, é exigido possuir ensino superior completo e aprovação nos exames objetivos (mais detalhes adiante).

Já a certificação, é obrigatória para o exercício da função de Analista de Valores Mobiliários (Analista de Investimentos), como dispõe a ICVM 483/2010. Portanto, é necessária para que o profissional atue nos processos de análise, avaliação e decisão de investimentos.

Além disso, a certificação CNPI também pode ser muito importante para profissionais de outras áreas, tais como:

  • Administração de Recursos (indicando para gestores)
  • Consultoria de Valores Mobiliários
  • Análise e Pesquisa Financeira
  • Banco de Investimentos
  • Governança Corporativa
  • Administração de Riquezas
  • Casas de Análises (research)
  • Relações com Investidores

Nesse sentido, você pode almejar essa certificação para ampliar seus conhecimentos e tornar-se um investidor profissional.

Mas quanto ganha um Analista de Investimento CNPI? 

Além de poder atuar em várias funções, outro ponto atrativo para investir na carreira de Analista de Investimento CNPI são os ganhos, que podem variar entre R$6.600 e R$35.000 por mês. Lembrando que ainda pode haver remuneração variável.

Saiba mais nesse artigo.

prova cnpi

Quais os requisitos mínimos para a certificação CNPI?

Para ser Analista de Valores Mobiliários é preciso ter nível superior completo em qualquer área, podendo ser tecnólogo. Apesar de quê, o comprovante de ensino superior completo será necessário no momento do credenciamento. Ou seja, você pode começar a estudar ou mesmo fazer os exames sem que tenha o diploma de ensino superior. Contudo, desde que complete o curso em um prazo de até 24 meses.

Em contrapartida, acerca do prazo de 24 meses, esse se explica pois, o candidato tem 12 meses para concluir os exames, após aprovado no primeiro exame. Além do quê, tem mais 12 meses de prazo para requerer o seu certificado CNPI (envio de documentos) após a aprovação nas provas.

Quais as categorias da certificação CNPI?

Em relação à obtenção da Certificação CNPI, você precisa inscrever-se no site e prestar o exame da Apimec. Essa prova é realizada em praticamente todo o Brasil, nos Centros de Teste da Fundação Getúlio Vargas.

Para saber se sua prova pode ser feita na sua cidade acesse esse link.

Em síntese, existem três categorias para a certificação. E, por isso, o profissional precisará optar por uma delas antes de prestar o exame.

  • CNPI:

É direcionado à formação do Analista Fundamentalista, que deve ser aprovado no exame CB e no CG1. Assim, será possível atuar na determinação de valores de um título ao analisar e avaliar as indústrias, ou a economia. De fato, também deve ser capaz de reconhecer as diferentes características dos mais diversos produtos disponíveis no mercado e afins.

  • CNPI-T:

O foco é a formação do Analista Técnico, e o candidato precisa ser aprovado no exame CB e CT1. Sendo assim, o profissional estará apto a indicar o tipo de investimento ideal aos clientes, além de traçar seu perfil de investidor. Desse modo, precisa também analisar os riscos envolvidos em cada tipo de operação. Bem como, reconhecer boas oportunidades de investimento a partir da leitura de padrões gráficos, gerenciando riscos e criação de estratégias na hora das operações, entre outros.

  • CNPI-P:

Visa a formação do Analista Pleno (Fundamentalista + Técnico), aprovado pelo CB, CG1 e CT1. Consequentemente, é o mais completo das categorias, pois o profissional estará habilitado tanto pela escola fundamentalista, quanto pela escola técnica.

Qual o conteúdo das provas CNPI?

Anteriormente, falamos das categorias da Certificação CNPI. A seguir, discutiremos sobre os exames necessários para obter a certificação e os seus conteúdos.

CB – Conteúdo Brasileiro

Nesse exame, o candidato deverá realizar uma prova com duração de 1 hora e 50 minutos, que conta com 60 questões de múltipla escolha. São cobradas as seguintes matérias:

  1. Sistema Financeiro Nacional;
  2. Mercado de Capitais, de Renda Fixa, de Derivativos;
  3. Conceitos Econômicos;
  4. Conduta e Relacionamento;
  5. Governança Corporativa;
  6. Relações com Investidores;
  7. Sustentabilidade.

Bibliografia indicada.

CG1 – Conteúdo Global 1

Aqui, a prova de 1 hora e 50 minutos de duração terá 60 questões de múltipla escolha, divididas igualmente entre duas matérias:

  1. Análise e Avaliação de Ações e Finanças Corporativas;
  2. Contabilidade Financeira e Análise de Relatórios Financeiros.

Bibliografia indicada.

CT1 – Conteúdo Técnico 1

Por fim, outra prova de 1 hora e 50 minutos de duração, com 60 questões de múltipla escolha, distribuídas entre as matérias:

  1. Fundamentos de Análise Técnica;
  2. Teoria de Dow;
  3. Conceito de Tendência;
  4. Figuras Gráficas;
  5. Teoria das Ondas de Elliott;
  6. Padrões de Candlestick;
  7. Indicadores;
  8. Gerenciamento de Risco;
  9. Estratégias Operacionais;
  10. Trading Systems.

Bibliografia Indicada.

Dica da Pro: O candidato tem um prazo de 12 meses, contados da data da realização do primeiro exame em que foi aprovado, para concluir o próximo exame. Assim sendo, não é necessário seguir uma ordem para realizar os exames, mas recomendamos começar pelo exame CB – Conteúdo Brasileiro. No entanto, caso o candidato perca seu prazo de 12 meses, precisará realizar uma nova inscrição e aprovação nos exames já realizados.

Qual o custo para tirar CNPI?

Para ser Analista de Valores Mobiliários é necessário considerar 3 gastos, que nós preferimos chamar de investimentos:

1 – Gastos com a inscrição no exame.

Os gastos variam entre R$457,00 e R$762,00, conforme tabela abaixo:

ExameAssociado Apimec *Associado AnaparNão associado
CNPI – CB – Conteúdo BrasileiroR$ 457,00—-R$ 610,00
CNPI – CG1 – Conteúdo Global 1R$ 571,00—-R$ 762,00
CNPI – CT1 – Conteúdo Técnico 1R$ 571,00—-R$ 762,00

Fonte: Apimec/Última atualização em 23 de junho de 2022.

CB = Conteúdo Brasileiro. CG1 = Conteúdo Global. CT1 = Conteúdo Técnico.

  • Dados de 2022
  • * 25% de desconto para associados.

A tabela atualizada você pode conferir neste link.

2 – Gastos com o estudo.

Existem, basicamente, 3 caminhos para estudar:

  • 1. estudar por conta própria;
  • 2. estudar com curso presencial da Apimec em SP;
  • 3. ou estudar com cursos online, como os da Pro Educacional.

De tal forma que, para o custo de estudar por conta própria, considere: gastos com livros, transporte, tempo de organização do material e dos métodos de estudos, o que acaba elevando as despesas (custo de oportunidade).

3 – Gastos com manutenção da certificação.

Existe uma taxa trimestral que é paga à Apimec. Atualmente, o custo mínimo é de  R$210,00 (2018).

Como se preparar para a prova CNPI?

No curso da Pro Educacional temos um guia para cada prova te ensinando como se preparar. No vídeo a seguir temos uma introdução para o curso CNPI – Conteúdo Brasileiro:

A fim de aumentar ainda mais as suas chances de aprovação no referido exame, as seguintes orientações são dispostas.

Ao todo são 60 questões para cada módulo. Para aprovação é necessário acertar 2/3 ou mais das questões. O exame possui duração de 1 hora e 50 minutos.

Atenção: O conteúdo brasileiro é conhecido por possuir questões com foco nos detalhes, e não apenas nos conceitos.

Nós recomendamos que você dedique no mínimo 60 horas de estudos para o Conteúdo Brasileiro.

Para obter um bom resultado no exame, siga as dicas:

• Crie uma rotina de estudos, de preferência estude sempre no mesmo horário, além disso defina a quantidade de horas a serem estudadas semanalmente;

• Estude enquanto for produtivo – Monte um cronograma viável e factível, para não se frustrar; respeite os limites do seu corpo, é melhor estudar 4 horas por dia durante 5 dias do que 10 horas durante 2 dias.

• A ordem dos capítulos foi definida com o objetivo de tornar o conteúdo mais didático;

• Vídeos são complementares, a leitura do material é essencial – Caso queira apenas assistir aos vídeos, utilize a biblioteca de vídeos no final do curso.

• Entenda o conteúdo, crie conexões com o que você já conhece, evite decorar;

• Fazer os exercícios no final de cada capítulo é essencial para fixação do material, dê atenção à sua pontuação, caso necessário, revise o material que teve maior dificuldade e refaça os exercícios. Lembre-se, é necessário acertar 66,66% ou mais das questões;

Não pule exercícios com cálculo, caso não tenha entendido, repita a operação;

• Faça anotações do conteúdo;

• Utilize o resumo para relembrar os principais tópicos estudados;

• Ao final do curso são disponibilizados simulados, faça e refaça TODOS os simulados até obter resultados acima da média e acima dos 66,66% necessários para aprovação;

• Aconselhamos utilizar a biblioteca de questões no final do curso, onde estão disponíveis mais de 1.000 questões para que você fixe bem o conteúdo e sinta segurança para realizar o exame.

Para receber mais orientações como essa adiquira o curso CNPI da Pro Educacional.

Como inscrever na prova CNPI?

Neste link você poderá inscrever-se nos exames. Em seguida, selecione o exame e depois o local. Logo após, agende o dia e horário.

Passo a passo para inscrição:

1. Candidato realiza inscrição
2. Candidato gera boleto
3. APIMEC confirma o pagamento
4. FGV libera o agendamento
5. Candidato realiza agendamento
6. FGV confirma agendamento
7. Candidato realiza prova
8. FGV libera resultado
9. Candidato visualiza resultado

Credenciamento

O credenciamento é solicitado através do Portal Apimec. Vá em “Certificação” e depois “Sobre o CNPI”.

Para outras perguntas frequentes, acesse o Manual de Candidatura da Apimec.

Concluindo

A Certificação CNPI é destinada para quem deseja ser um Analista de Investimentos. Apesar disso, o certificado também é possível para os que possuem nível superior e querem evoluir no mercado financeiro e de capitais.

Desse modo, o profissional tem a capacidade técnica comprovada. Uma vez que, é necessário que os procedimentos de decisão de investimentos sejam realizados de forma segura. Já que, os profissionais estarão sujeitos ao Código de Ética e Padrões de Conduta Profissional da certificadora.

Por fim, se ainda resta alguma dúvida sobre a certificação, deixe nos comentários abaixo.

prova cnpi

 

Ainda não há comentários! Você será o primeiro a comentar.

Deixe suas dúvidas e comentários. Responderemos o mais breve possível.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *