Como investir: o poder da Inteligência Financeira!

A Inteligência Financeira é uma viagem sobre como investir!

Aprender como investir pode ser comparado a uma viagem. A inteligência financeira é a sua agência de viagens, os destinos são os objetivos a serem alcançados, eliminar as dívidas são as delimitações do orçamento, a organização se relaciona ao quanto você tem e pode gastar, e o planejamento está relacionado ao tempo que poderá viajar, além de quanto e como gastar.

Vem investir nessa leitura!

Trace objetivos

Você pretende viajar, mas o seu destino são as Ilhas Maldivas. Entretanto, o seu lado racional te alerta que é uma meta quase impossível de ser cumprida naquele momento, devido a diversos fatores. Apesar disso, você insiste e a consequência é: desiste no meio do caminho. Sem dúvida, você perdeu tempo e dinheiro!

Portanto, ao investir, você precisa seguir o mesmo raciocínio: vá devagar. Inicie com objetivos mais fáceis, adquira disciplina e aprenda com os erros. Assim, pouco a pouco, atingirá metas mais arrojadas.

Como investir

1ª Tarefa sobre como investir: 

Você precisa estimar o valor a ser investido e o período, isso te ajudará a determinar quais as providências necessárias para alcançar os objetivos. Desse modo, persista no foco e obedeça à regra de ouro: gaste menos do que ganha. Isso parece simples, mas é uma tentação gastarmos mais ou gastarmos imediatamente tudo o que ganhamos, sem nenhum objetivo bem definido.

Portanto, lembre-se de que o hábito de poupar precisa ser diário e não se esqueça dos objetivos que o motivaram a economizar para investir.

Como investir

Por exemplo, simplificadamente, caso você escolha um fundo de investimentos que renda líquido 0,8% ao mês e deseja conquistar 1 milhão de reais, logo, precisará investir cerca de 10 mil reais todos os meses, ao longo de sete anos. Para isso, saiba que você precisará definir:

  • O valor inicial, que se refere à quantidade inicial de dinheiro ou capital inicial do seu investimento.
  • O valor mensal, em que você determina o que será adicionado ou somado mês a mês.
  • A taxa de juros, que é o valor em porcentagem que incide sobre o capital no período da aplicação, podendo ser mensal ou anual.
  • E o período, estabelecido em meses ou anos.

Veja abaixo:

Saúde financeira

Para facilitar, esse é o link da calculadora que utilizei!

Livrando-se das dívidas!

Nada mais clichê, porém verdadeiro, do que dizer que as dívidas tiram o nosso sono. Assim, se esse é o seu caso, acabe com elas ou faça uma troca por um financiamento com taxas de juros menores. Para isso, pesquise as taxas de juros cobradas pelas instituições nas operações de crédito!

como investir

Outro ponto a ser levado em consideração nesse caso: já pensou sobre o seu Cheque Especial? Se o seu relacionamento com esse limite de crédito não estiver adequado ou faz parte do seu orçamento doméstico, você precisa fazer alguma coisa. Visto que, esse tipo de limite de crédito automático conta com incidência de juros e tributos, como o IOF, o que pode ser bem problemático.

Para resolver uma situação assim, você precisa pensar em outras possibilidades de financiamentos mais baratos. Como por exemplo, fazer um empréstimo em que as taxas de juros e o prazo para pagamento sejam mais promissores e você consiga pagar o banco e organizar o seu orçamento.

Não se esqueça do cartão de crédito. De fato, considerado por muitos uma ferramenta útil e versátil, mas também, pode ser a ruína de tantos outros. Principalmente, quando não existe controle de consumo ou de gastos.

Utilize o seu cartão de crédito de forma consciente para:

  • adiar o pagamento de dívidas;
  • concentrar pagamentos e recebimentos em uma mesma data;
  • facilitar compra de bens ou serviços;
  • transitar volumes maiores de dinheiro no Brasil ou no exterior.

Não se renda:

  • às compras por impulso, além da capacidade de pagamento;

2ª Tarefa sobre como investir:

Atente-se para o fato de que você pode utilizar taxas de juros mais baixos para o financiamento de gastos mais elevados, ou que estejam distribuídos por períodos mais longos. Assim, uma alternativa para isso é o crédito consignado. Novamente, especifique metas financeiras no médio e longo prazo.

Como investir

Enfim, para quitar as dívidas, inicie pelas que apresentam valores mais elevados. Geralmente, dívidas com bens de consumo, como automóveis, são mais caras do que dívidas com financiamento imobiliário.

Seja organizado!

A organização muda a forma como você obtém sucesso em suas atividades. Por causa disso, aprenda a ser organizado.

Como investir

3ª Tarefa sobre como investir:

Se você não é adepto de listas, saiba que nesse momento elas são muito úteis! Organize suas despesas e as receitas, e contabilize o que sobrou.

Nesse sentido, alguns cortes podem ser necessários para eliminar gastos não essenciais. No entanto, caso o seu orçamento seja muito limitado, quantias menores também podem ser investidas mensalmente.

Ou seja, invista pouco e à medida que for possível, aumente o investimento.

Ademais, você tem a possibilidade de considerar transformar algum bem em investimento.

Como investir

Faça um planejamento de como investir!

Planos são necessários. Por isso, é importante entender a importância do planejamento, pois seus objetivos só serão atingidos se os seus passos forem planejados.

Como investir

4ª Tarefa sobre como investir:

Para essa tarefa, identifique como e onde você gasta o seu dinheiro.

O controle dos seus gastos é essencial, dessa forma, você precisa fazer um planejamento financeiro pessoal ou mesmo um orçamento. Identifique:

  • a forma como o dinheiro é gasto;
  • quais as possibilidades para economizar.

Além disso, você tem diversas opções para investimentos e essas definições são realmente necessárias, principalmente se a sua meta for de longo prazo. Desse modo, antes da aplicação estabeleça:

  • A quantia a ser aplicada;
  • O tempo que irá dispor do dinheiro;
  • Qual o risco que você está disposto a assumir em face do que pretende ganhar.

Em resumo, saiba que conhecer as características do investimento é primordial para o seu sucesso. Ou seja, entenda o nível de risco e todas as demais características que podem influenciar no processo, como taxas de juros, encargos e outros. E primordialmente, escolha instituições e administradoras de investimentos sérias e com solidez no mercado.

A Pro Educacional promovendo a sua inteligência financeira: como investir?

Por fim, se o seu interesse é desenvolver habilidades para atuar no mercado financeiro, bem como, ter sucesso nessa empreitada, a Pro Educacional tem as melhores opções de cursos livres. Provavelmente, um dos cursos abaixo será a escolha certa pra você. Clique no link e vem saber mais:

 

 

Ainda não há comentários! Você será o primeiro a comentar.

Deixe suas dúvidas e comentários. Responderemos o mais breve possível.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *