Avaliação por Múltiplos

Múltiplos com base em informações históricas

De forma geral, o múltiplo pode ser definido como toda relação estabelecida entre o preço de uma empresa e seus elementos operacionais ou financeiros (exemplo: preço/lucro, preço/valor patrimonial, preço/vendas ou preço/geração de caixa). Também pode caracterizar índices de eficiência da empresa frente ao mercado em que atua (exemplo: receita/empregado, empregados/produto fabricado etc.).

 

IMPORTANTE!

Os múltiplos também podem ser interpretados como índices. Portanto, muitas vezes, essa terminologia é adotada.

 

Devido a essas características, os múltiplos consistem em uma importante ferramenta para os analistas ao permitirem:

  • O aperfeiçoamento do conceito de preço justo, pois a determinação de valor utilizando-se somente a metodologia de fluxo de caixa é limitada (principalmente para as empresas com capital fechado), sendo necessário o confronto com outros índices setoriais;
  • A sofisticação das premissas utilizadas nas projeções, principalmente no que se refere à correta quantificação de ganhos operacionais frente às informações oferecidas pela administração da empresa; e
  • A identificação rápida de oportunidades de investimentos, no que se refere à formação de uma carteira de ações face à sua forma de cálculo relativamente simples.

 

É importante ressaltar que as conclusões provenientes de uma análise por múltiplos apenas são significativas através da comparação dos dados obtidos de empresas com características similares (e.g. por meio de potencial de crescimento do mercado de atuação, níveis de rentabilidade etc.). Assim, na avaliação de múltiplos é importante realizar, além de uma análise temporal, verificando a evolução dos múltiplos, realizar a análise interempresarial, sem a qual não é possível obter informações significativas dos múltiplos. Além disso, os múltiplos são obtidos a partir dos dados disponíveis nas demonstrações financeiras da empresa, bem como na performance histórica de suas cotações, e servem como um parâmetro para identificar uma opção de compra/venda de ações antes de uma análise mais profunda sobre esses ativos.

Veja a seguir alguns indicadores mais conhecidos:

 

Tabela – Indicadores.

Indicador/DescriçãoFórmula
  • LPA: Lucro (Líquido) por Ação.
Lucro Líquido/Quantidade Total de Ações
  • P/L: Preço da ação dividido pelo LPA.

Preço da ação/Lucro por Ação

  • VPA: Patrimônio líquido por ação.
Patrimônio Líquido/Quantidade Total de Ações
  • P/VP: Preço da ação dividido pelo VPA.
Preço da Ação/Valor Patrimonial por Ação
  • ROE: Retorno sobre o patrimônio líquido.

Lucro Líquido/Patrimônio Líquido

Fonte: Elaborada pelo autor.

 

Múltiplos com base na performance futura da empresa

Apesar de os indicadores utilizados nessa análise serem os mesmos abordados anteriormente, sua forma de cálculo é mais elaborada, uma vez que estão preocupados com a performance futura da empresa. Nesse cenário, duas metodologias podem ser utilizadas:

  • Realização de projeções de demonstrativos financeiros detalhadas, que produzirão, de forma precisa, informações como potencial de lucro, geração de caixa do período, ganhos auferidos via maturação de investimentos e redução de custos etc. Nesse caso, a aplicação dos múltiplos deverá obedecer aos mesmos critérios abordados no tópico anterior;
  • Utilização do Modelo de Gordon, que propicia a tomada de decisão de forma mais ágil a partir da adequação das fórmulas vistas anteriormente a certos parâmetros, como potencial de crescimento e taxa de retorno exigida pelo acionista (traduzida pelo custo de capital próprio).

 

Múltiplo preço/lucro

O índice preço/lucro de uma ação (também conhecido como múltiplo de lucros ou P/LPA ou P/L) é um índice utilizado para medir quão baratos ou caros estão os preços das ações. É provavelmente o mais consistente indicador de ressalva quanto ao otimismo excessivo no mercado. Serve também como um marcador de problemas e de oportunidades de negócio. Relacionando o preço aos lucros por ação de uma companhia, pode-se analisar a avaliação de mercado das ações de companhias no que se refere à riqueza que ela realmente produz. O índice P/L é calculado da seguinte forma:

 

 

IMPORTANTE!

O índice revela a quantidade de tempo que o investidor levaria para reaver o capital investido, considerando que os lucros gerados pela empresa permanecem constantes. Considera-se que, quanto menor, mais barata é a empresa. No entanto, lembre-se de que a avaliação por múltiplos depende de comparações, por exemplo, com outras empresas do setor ou com o comportamento passado do mesmo índice da própria empresa. Sozinho, um múltiplo é vazio de significado.

 

Tabela – Múltiplo preço/lucro.

Fonte: Elaborada pelo autor.


Você não está logado!
Para ter acesso ao curso, .
Doutor em Economia pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em Economia Aplicada (quantitativa) pela UFPEL. É economista, especializado em Finanças pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atuou como Agente Autônomo de Investimentos (ANCORD), Analista e Controller. Pesquisador com publicações científicas internacionais sobre efeitos spillover e herd behavior no mercado de capitais. Autor de 7 livros.

Pressione F11 para tela cheia
Insira no mínimo 3 caracteres.
Nenhum resultado.
Suporte? Clique aqui.