Investimentos Socialmente Responsáveis

É preciso que o gestor esteja atento às restrições de investimentos oriundas de questões de responsabilidade social – Investimento com Responsabilidade Social (IRS). Por definição, o investimento socialmente responsável é o uso de preocupações éticas, sociais ou religiosas nas decisões de investimento. Essas restrições podem ser negativas se o investidor sempre recusar-se a investir em uma empresa porque acredita que seria antiético, ou positivas se ele procurar empresas com práticas éticas. Nesse contexto, um exemplo de restrição negativa é quando o investidor evita ações de tabaco e álcool. Por sua vez, um exemplo de restrição positiva seria quando o investidor procura empresas com boas práticas ambientais. Isso porque uma restrição de responsabilidade social pode ter impacto sobre o estilo de um portfólio. Por exemplo, algumas dessas restrições podem excluir as indústrias de base e as empresas de energia, que normalmente são ações de valor.

Um índice muito utilizador como benchmark para investimentos socialmente responsáveis no Brasil, é o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Este é um índice criado para auxiliar a tomada de decisão dos investidores e ao mesmo tempo promover a adoção de melhores práticas de sustentabilidade por parte das empresas. Seus critérios envolvem a justiça social, a eficiência econômica, o equilíbrio ambiental e a governança corporativa. São convidados à integrar o índice as 200 empresas mais líquidas da bolsa – excluídas as que passam por processo de recuperação judicial ou extrajudicial, regime especial de administração temporária, intervenção ou que sejam negociados em qualquer outra situação especial de listagem – entre as quais 40 são selecionadas para formar a carteira, que tem sua composição atualizada anualmente. A seleção é baseada em um questionário composto por 7 dimensões:

  • Econômico–Financeiro
  • Geral
  • Ambiental
  • Governança Corporativa
  • Social
  • Mudança do Clima; e
  • Natureza do Produto.

Carteiras de IRS tendem a ser inclinadas para ações de crescimento. As restrições oriundas de IRS também contribuem para que o viés seja direcionado a small caps. Além disso, há duas vantagens principais no que se refere ao potencial resultante do viés de estilo de IRS. Primeiro, o gerente de portfólio pode tomar medidas para minimizar o preconceito, caso seja inconsistente com o risco do investidor e objetivos de retorno. Em segundo lugar, ao conhecer o viés de estilo da carteira, o gerente pode determinar o valor de referência apropriado para o portfólio de investimento socialmente responsável. Além disso, a análise do estilo baseada em retorno pode detectar a presença do viés de estilo e monitorar o seu sucesso.


Você não está logado!
Para ter acesso ao curso, .
Doutor em Economia pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em Economia Aplicada (quantitativa) pela UFPEL. É economista, especializado em Finanças pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atuou como Agente Autônomo de Investimentos (ANCORD), Analista e Controller. Pesquisador com publicações científicas internacionais sobre efeitos spillover e herd behavior no mercado de capitais. Autor de 7 livros.

Pressione F11 para tela cheia
Insira no mínimo 3 caracteres.
Nenhum resultado.
Suporte? Clique aqui.