Resumo CGA: Gestão de Carteiras – Renda Variável

  • Uma das ferramentas muito utilizadas é a análise técnica e de tendências:
    • Estudo de dados históricos do mercado, incluindo preço e volume;
    • Usar o desempenho passado para prever o comportamento futuro do mercado;
    • As duas formas mais comuns de análise técnica são padrões gráficos e indicadores técnicos.
  • A análise fundamentalista é o método de avaliar um ativo na tentativa de medir seu valor intrínseco:
    • Fatores econômicos;
    • Fatores financeiros;
    • Fatores qualitativos e quantitativos relacionados;
    • Analistas fundamentais estudam qualquer coisa que possa afetar o valor do ativo, incluindo fatores macroeconômicos e fatores microeconômicos.

 

  • A implementação mais comum de gestão passiva é a indexação, onde o gestor investe a fim de imitar o desempenho de um índice, conhecido como índice de segurança;
  • Gestão ativa compra, vende ou mantêm os valores mobiliários em uma tentativa de superar seu benchmark;
  • O investidor determina entre uma gestão ativa ou passiva a partir o estilo de investimento;
  • O investidor deve primeiro considerar o grau em que acredita que os especialistas em finanças podem gerar retornos maiores do que o normal.

 

  • Métodos de Indexação:
    • Um índice ponderado de preços é simplesmente uma média aritmética dos preços dos títulos incluídos no índice;
    • Um índice ponderado pela capitalização de mercado, ou apenas valor ponderado, é calculado através da soma do valor de mercado total;
    • Um subtipo de um índice de valor ponderado é o índice de capitalização de mercado livre flutuante-ajustado;
    • Em um índice ponderado todos os retornos das ações recebem o mesmo peso, ou seja, o índice é calculado como se o investidor mantivesse um investimento de determinada quantidade de reais em cada ação no índice;
    • Independentemente do sistema de ponderação, o investidor deve estar ciente das diferenças nas metodologias através de índices.

 

  • As duas principais estratégias ativas são a Growth e a Value Investing
    • Os investidores devem considerar é se eles preferem investir em empresas de crescimento rápido (Growth) ou em líderes de mercado subvalorizados (Value Investing)
  • Outras duas categorias de investimento, estilos, seriam os investimentos em Small Cap ou Large Cap
    • Os investidores têm preferência por investir em pequenas ou grandes empresas
  • Por definição, uma estratégia de mercado neutro não tem nenhuma exposição de risco sistemático do mercado, nem a direção nem a magnitude do movimento no mercado global deverá afetar o retorno da carteira.
  • Long-short é uma forma de conseguir a neutralidade do mercado. As posições compradas e vendidas são dimensionadas para remover qualquer exposição à direção geral do mercado.
  • As estratégias neutras de mercado, por outro lado, concentram-se em fazer apostas concentradas com base em discrepâncias de preços com o objetivo principal de alcançar um zero beta versus seu índice de mercado apropriado para se proteger do risco sistemático.

 

  • As estratégias de vendas estendidas, também conhecidas como estratégias de long-short parciais, são vistas pelo mercado como extensões do tipo buy-and-hold:
    • O gerenciador vende uma quantidade de títulos iguais a uma determinada percentagem da sua carteira comprada, e então adquire uma quantidade igual de títulos
  • Entre as vantagens da estratégia de venda estendida podemos incluir:
    • É percebida como uma estratégia de equidade, não como um investimento alternativo.
    • Permite que um gerente melhor explore a informação disponível, extraindo valor dos títulos que podem ser comprados e vendendo os títulos que estão excessivamente valorizados. Carteiras unicamente compradas podem evitar a compra de ativos sobrevalorizados, mas não ficar vendido neles.
    • A posição vendida libera fundos adicionais para investir em posições de valor, como no exemplo 120% do capital, na opção por 120/20. Na estratégia única de compra o gerente só pode investir 100%.
    • Estratégias de vendidas estendidas podem ser implementadas sem um mercado de derivativos. Muitas estratégias de mercado neutro utilizam futuros ou swaps para contraparte de sua execução.
    • A estratégia de venda estendida é uma carteira mais eficiente e coordenada de compras e de posições vendidas. Posições compradas só são tomadas sob estoques avaliados, ou pelo menos de neutro-valor, e posições vendidas estão em estoques sobrevalorizados.
  • Há também desvantagens quando comparamos com outras abordagens:
    • Custos de transação mais elevados devido a maior quantidade de negócios executados, 120% do capital comprado e 20% do capital vendido, como em nosso exemplo. Além disso, existem taxas de empréstimos sobre os ativos emprestados para cobrir a posição vendida.
    • Todo o potencial do valor acrescentado vem da capacidade dos gerentes para identificar ações sub e sobre avaliadas. Em contraste, a equalização de uma carteira de mercado-neutro, long-short, ganha retornos do ganho/perda na compra e nas posições vendidas como uma estratégia de mercado neutro long-short geralmente é comparado ao dinheiro equivalente enquanto estratégias de venda estendida são comparadas ao retorno do capital próprio.

 

  • A estratégia orientada a eventos, a Event Driven:
    • Estratégia de investimento que tenta aproveitar a precificação de ações que pode ocorrer antes, ou depois, de um evento corporativo;
    • O objetivo do investidor é aproveitar a má precificação temporária causada por uma reorganização societária, reestruturação, fusão, aquisição, falência ou outro evento importante
  • A estratégia de arbitragem em fusões envolve simultaneamente a compra e venda de ações de duas empresas que se fundem no intuito de gerar lucros “sem risco”, é frequentemente considerada uma estratégia de hedge funds;
  • O investimento socialmente responsável é o uso de preocupações éticas, sociais ou religiosas para as decisões de investimento

 

  • Existem cinco principais diferenças entre os fundos mútuos de índice e os Exchange-Traded Funds (ETFs):
    • Em primeiro lugar, os fundos mútuos de índice são negociados com menor frequência;
    • Em segundo lugar, os ETFs não precisam manter registos de informações para os acionistas, ao passo que os fundos mútuos precisam;
    • Em terceiro lugar, os fundos mútuos de índice, geralmente, pagam taxas superiores das que os provedores de ETFs conseguem negociar;
    • Em quarto lugar, ETFs são fiscalmente mais eficientes do que os fundos mútuos de índice;
    • Em quinto lugar, os custos de segurar que um ETF por longo prazo é tipicamente inferior do que manter uma cota de um fundo mútuo de índice.

 

  • A análise de investimento bottom-up:
    • É uma abordagem de investimento que se concentra na análise de ações individuais e diminui a importância dos ciclos econômicos e dos ciclos de mercado;
    • Pressupõe que as empresas individuais podem se sair bem mesmo em um setor que não esteja oferecendo bons resultados agregados.
  • A análise de investimento top-down:
    • Examina primeiro o quadro geral, analisa os detalhes dos componentes menores;
    • Segue nesta ordem: análise global, análise de tendências macro, análise setorial, análise de uma ação específica.

 

  • Os gestores de fundos de renda variável utilizam algumas métricas que são comuns no mercado para realizar sua seleção de carteira, como a relação preço lucro, ou preço valor contábil de uma ação;
  • As duas principais justificativas para uma estratégia de valor são:
    1. Apesar de ganhos da empresa poderem estar restritos agora, o dividendo pode aumentar no futuro; e
    2. Os investidores argumentam que as ações de rápido crescimento valem o risco de comprar ações com baixos múltiplos de lucro dividendo.

 

  • entre todas as formas de fundos de renda variável algumas questões precisam ser levadas em consideração, como:
    • Baixa liquidez, a alocação de portfólio para essa classe deve ser controlada com um plano de emergência para situações de estresse no mercado;
    • Diversificação, realizada através de um número necessário de classes para cada tipo de estratégia, apenas carteiras muito grandes têm fundos suficientes para suportar uma diversificação completa. Importante deixar claro qual estratégia de diversificação está sendo utilizada.

Doutor em Economia pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em Economia Aplicada (quantitativa) pela UFPEL. É economista, especializado em Finanças pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atuou como Agente Autônomo de Investimentos (ANCORD), Analista e Controller. Pesquisador com publicações científicas internacionais sobre efeitos spillover e herd behavior no mercado de capitais. Autor de 7 livros.

Pressione F11 para tela cheia
Insira no mínimo 3 caracteres.
Nenhum resultado.
Suporte? Clique aqui.